Noticias

ESCÂNDALO: Campo Maior é a 2° Cidade do Piauí em fraude no seguro desemprego

Compartilhe!

Depois de Parnaíba, Campo Maior é a cidade que o sistema de Detecção e Prevenção à Fraude no Seguro-Desemprego, implantado pelo Ministério do Trabalho, que mais bloqueou benefícios suspeitos de fraude no Piauí. Ao todo foram 1.729 bloqueios, representando uma economia para o governo federal que chega a R$ 9,8 milhões no Estado.
Em Campo Maior foram detectadas 477 fraudes, onde foram desviados R$ 2,4 milhões dos cofres públicos, mas a maioria dos casos foi registrada em Parnaíba, com 924 fraudes bloqueadas, totalizando um valor de R$ 5,3 milhões.

Outros casos foram registrados em Bom Jesus, que teve 163 requerimentos bloqueados, chegando a R$ 1,1 milhão; Teresina, que em 67 fraudes bloqueadas atingiu R$ 362 mil; e Valença do Piauí, com 43 bloqueios e cerca de R$ 278 mil.

“A fiscalização como Antifraude impediu a ação de quadrilhas que desviavam esses benefícios. São recursos necessários para os trabalhadores piauienses, em momentos de dificuldade, de desemprego”, afirmou o ministro do Trabalho, Helton Yomura.

O Maranhão é o líder do ranking de fraudes descobertas, enquanto o Pará ocupa a terceira posição, atrás do estado de São Paulo, que está em segundo. No caso do Maranhão, já foram detectados 16,9 mil casos de fraudes no Seguro-Desemprego, gerando uma economia de R$ 74,1 milhões.

Em todo o Brasil, o sistema já proporcionou uma economia de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos até abril de 2018.

Hérlon Moraes (Com informações do Min do Trabalho)


Compartilhe!

Comente com Facebook

Dr Andre Luis médico otorrinolaringologista. Mais de 20 anos de experiência. Atende na Laboclínica. 36912167

error: Conteúdo Protegido !!