Noticias

Caminhão tomado de assalto na Serra do Facão foi encontrado no município de Tauá

Compartilhe!

Um caminhão de uma empresa distribuidora de gás GLP com sede na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, que tinha sido tomado de assalto na BR 020, na Serra do Facão no município de Boa Viagem, foi apreendido quando passava por Tauá.

O veículo que possuía um rastreador veicular, um aparelho que usa uma tecnologia de localização via GPS (Global Positioning System), parou próximo ao Detran de Tauá, após a empresa que fazia o rastreamento perceber que o caminhão estava fora da rota de destino.

Segundo a proprietária da empresa, o caminhão Volvo/VM 270, de cor prata, placas PMA 7048, com inscrição de Caucaia-CE, saiu de Fortaleza com uma carga de 480 botijões, que seria entregue na cidade de Independência.

Motorista feito refém

O caminhão foi interceptado na BR 020, na Serra do Facão e levado para o município de Pedra Branca por uma quadrilha especializada em roubo de cargas. Os assaltantes fizeram o motorista de refém, e contrataram um homem que não possui habilitação para conduzir o veículo ao estado do Piauí, onde seria entregue a carga.

O homem que foi contratado para conduzir o o caminhão é o mestre de obras Flávio Alves do Nascimento, 49 anos, natural de Boa Viagem.

Flávio foi preso pelo BPRaio de Tauá, quando pegava uma carona de moto próximo ao Detran desta cidade. Ele foi conduzido à Delegacia e relatou que se encontrava na casa de uma filha em Boa Viagem, quando foi abordado por um homem desconhecido que se identificou como sendo Antônio Branco, que o contratou para fazer a condução do veículo até o local onde a carga seria entregue. O contratante entregou ao mesmo um aparelho celular e um bloqueador de GPS. Flávio disse em depoimento ao Delegado plantonista Dr. Danilo, que foi levado até uma localidade do município de Pedra Branca, onde assumiu o volante do veículo e seguiu rumo ao Piauí, mas sem saber para qual município estava levando a carga, pois Antônio Branco que andava em companhia de outras pessoas, ficou de repassar essa informação por celular.

O motorista disse ainda, que não tinha conhecimento de que se tratava de um assalto, mas mesmo assim, foi autuado por crime de receptação, Artigo 180 do Código Penal. O Delegado arbitrou uma fiança no valor de R$ 4 mil, o que ainda não foi pago e até que isso aconteça, Flávio ficará preso.

O caminhão e a carga foram restituídos aos proprietários.

Agora, a Polícia Civil está investigando paradeiro desta quadrilha de roubo de cargas que vem atuando na região.

Repórter: Lindon Johnson


Compartilhe!

Dr Andre Luis médico otorrinolaringologista. Mais de 20 anos de experiência. Atende na Laboclínica. 36912167

error: Conteúdo Protegido !!