Noticias

INDEPENDENCIANO MATA A COMPANHEIRA A FACADAS EM SAO PAULO, DEPOIS TENTA SUICÍDIO E FILMA TODA A AÇÃO

Compartilhe!

No meio da tarde de sexta-feira, 25, dia de Natal, um auxiliar de serviços gerais, de 31 anos de idade, que seria um profissional na área de açougue, cometeu um Feminicídio e, depois aplicado golpes de faca contra o próprio peito, numa tentativa de suicídio. Todo o episódio foi presenciado na frente do filho do casal de 9 anos de idade, que teria corrido à rua para pedir ajuda.

Antônio Valdenilson Araújo da Silva, 31, natural da cidade de Independência/CE, após ter efetuado vários golpes de faca contra a esposa, a ajudante geral, Antônia Leuda de Sousa, 34, natural de Independência/CE, auto se mutilou algumas vezes cravando a faca contra o próprio peito, sendo que filmou a ação, disparando as imagens no grupo de amigos do whatsapp, relatando o motivo de ter matado a mulher de ter tentado o suicídio.Antônio Valdenilson Araújo da Silva

 Os policiais militares, Cabos PMs Cunha e De Moraes, da 4ª Cia. do 36º BPM/I, realizavam patrulhamento de rotina pela cidade, quando foram acionados, via COPOM, de que na rua Antônio Frederico Ozanan, Jardim Quáglia em Leme/SP teria ocorrido uma briga de casal e ambos estariam feridos. Diante disso, os policiais seguiram para o local, chegando também o a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, ocorrendo uma aglomeração de vizinhos, os quais disseram que haviam recebido alguns vídeos enviados por Antônio Valdenílson, onde ele aparecia com uma faca no peito, pedindo desculpas ao filho pelo crime cometido.

Os policiais ao adentrarem na residência avistaram o homem no chão da sala, bastante ensanguentado, mas sem a faca no peito.Viatura da Polícia Militar em frente a casa

A mulher estava caída se esfalecendo no chão na cozinha da casa quando os homens do Corpo de Bombeiros iniciaram a realizar os procedimentos de urgência com a mesma, onde outros dois socorristas dos bombeiros apoiados pelo policiamento de área passaram a socorrer o homicida.

Com golpes de faca e gravemente ferido, bastante alterado, o matador da própria mulher dizia que não queria ser socorrido, afirmando que era para deixarem ele morrer.

Em vários pontos do imóvel tinham diversos pontos com manchas de sangue aparentando que a vítima tentou se esconder no banheiro, onde a porta teria sido arrombada pelo marido matador e, depois corrido pela sala.

De acordo com vizinhos, o filho do casal, de apenas 9 anos de idade, ao ver seu pai agredindo sua mãe saiu correndo para solicitar ajuda.

O delegado de polícia civil, Dr. Carlos Eduardo Malaman, com os investigadores de plantão estiveram pelo local e solicitaram a presença da Polícia Técnica, onde realizaram os levantamentos nos cômodos da residência e instrumentos utilizados no crime, sendo apreendidos dois aparelhos celulares, sendo um encontrado sobre a pia da
cozinha e outro sobre a cama do casal.

O conselheiro tutelar Cerbi compareceu ao local e abrigou a criança, pois, o casal não possui parentes na cidade.

Em decorrência das condições clínicas do assassino, que se encontrava até o fechamento desta edição internado em estado grave, não foi apresentado no plantão policial, porém, autuado em flagrante, permanecendo na Santa Casa de Leme, com escolta da PM.

O corpo da mulher foi levado para o IML da cidade Limeira.


Compartilhe!

Comente com Facebook

error: Aviso: Conteúdo Protegido !!